quarta-feira, 27 de maio de 2009

São Genésio de Roma Mártir

São Genésio de Roma Mártir - Comemoração: 25 de agosto


São Genésio era um comediante em Roma e foi martirizado por Diocleciano entre 286 e 303. Ele é invocado contra a epilepsia e é padroeiro dos atores e dos músicos.
A lenda conta que Genésio era líder de uma trupe de teatro em Roma. Em uma apresentação para o Imperador Diocleciano, expunha ao ridículo os ritos católicos. Ao encenar a recepção do Sacramento do Batismo, se proclamou cristão. Diocleciano a princípio gostou da peça, mas achando Genésio realista demais, ordenou que ele fosse torturado e decapitado.
Ele foi enterrado na Via Tirbutina. Parte de suas relíquias estão em San Giovanni della Pigna, parte em Santa Susanna di Termini e parte na capela de São Lourenço.
A existência de São Genésio é duvidosa, e ele é considerado um complemento romano de São Gelásio de Hierápolis. No entanto, ele era venerado no século IV; uma igreja foi construída em sua honra e foi consertada e melhorada por Gregório III em 741.
E quem disse que não existe oração do Ator, existe sim... ta ai ó.
Ó meu Deus! Ator Onipotente, criador do maior Espetáculo - o Universo - ouve-me nesta prece de amor! Dai-me a perseverança, a paciência, a dignidade e o amor! Fazei com que minha personalidade não se deixe influenciar pelo meu personagem, mas, que eu possa colher dele, toda a vivência, todo vigor, toda força, toda magnitude! Que eu transforme a realidade em uma nova realidade, que eu recrie a obra da arte com toda força inteira e que eu colha do meu trabalho toda justiça, toda fortaleza, toda grandeza e todo amor! Fazei com que as luzes dos refletores se tornem luzes divinas a iluminar todos os atos da minha vida, para que eu faça do palco um altar, sempre na intenção de o respeitar, dignificar, amar e venerar... Que cada representação seja para mim, um Ato de Fé! Que cada trabalho seja um sacrifício de glória e sucesso! Para que eu envelheça, crescendo na representação e representante, crescendo na velhice; sempre trabalhando, sempre trabalhando, trabalhando, emocionando e glorificando. Enfim, para quando eu não mais existir, a minha atuação aqui na Terra não tenha sido em vão, e que, quando cair o pano, no ato final, todos aqueles que convivem comigo, possam aplaudir-me gritando: Bravo, Bravo! E assim, eu possa agradar ao Maior Diretor Universal: DEUS! [São Genésio: Padroeiro dos Atores]

Um comentário:

  1. Matheus Gherardi28 de maio de 2009 12:09

    Vamos rezar galera... Da-lhe São Genésio!!!

    ResponderExcluir